FESTAS JUNINAS e de CORPUS CRISTI

20/06/2019 12:24

FESTAS JUNINAS e de CORPUS CRISTI

Amados irmãos e irmãs!

O mês junho é tipicamente marcado pelas populares festas juninas, em honra a Santo Antônio, São João e São Pedro, homens que, cada qual a seu tempo, deram testemunho de fé e seguimento a Jesus.

Antônio, doutor evangélico, nascido em Lisboa, além de ser venerado como protetor de inúmeras comunidades e paróquias, é o padroeiro da Arquidiocese de Juiz de Fora. Celebra-se sua festividade no dia 13 de junho, data de sua morte.

João Batista foi o profeta que previu o advento do Messias na pessoa de Jesus Cristo e o batizou. A Igreja fixou a data de seu aniversário em 24 de junho (seis meses antes do Natal), dia em que a festividade de seu nascimento é amplamente comemorada no mundo cristão.

Pedro - cujo nome original era Simão (Mt 16, 17-18) - antes de tornar-se um dos doze discípulos de Jesus, era um pescador, juntamente com seu irmão André, também apóstolo. São Pedro tem fama de “porteiro” dos céus por causa do episódio quando Jesus se voltou para ele, e disse: “Eu te darei as chaves do reino dos céus e o que ligares na terra será ligado nos céus”. Suas festividades ocorrem em 29 de junho, juntamente com a veneração a São Paulo, porque, juntos, foram valorosos apóstolos que marcaram o início da pregação do Evangelho formando duas insubstituíveis colunas da evangelização.

Em Liberdade, esta data (29 de junho) é um dos dias penitenciais indicados pela Santa Sé para os fiéis obterem beneplácito das indulgências plenárias na Basílica.

Também em junho, no dia 20, a Igreja celebra a grande solenidade litúrgica em honra ao Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo (Corpus Christi) que ocorre na quinta-feira depois das solenidades de Pentecostes e Santíssima Trindade. Esta celebração é antiquíssima: foi oficializada em 1264 pelo Papa Urbano IV. É a festa da unidade, pois toda a vida da igreja gira e converge para a Eucaristia, centro da vida cristã. Na Eucaristia está Jesus vivo, com seu corpo, sangue, alma e divindade. Saímos em procissão pelas ruas ornadas com tapetes coloridos que retratam nas suas formas e cores a vida de Cristo e da Igreja.

Caríssimos leitores: não deixem de participar desses momentos em sua paroquia. Em Liberdade, a solene celebração da Santa Missa acontecerá no Santuário Basílica, no dia 20, às 16 horas, seguindo-se de tradicional procissão.

 Que junho seja para todos um mês cheio de bênçãos, pela intercessão dos santos e pelo amor à Santíssima Eucaristia.

 

                                                                       Pe. Ivair Carolino

                                                                        Pároco e Reitor

 

Voltar