Misericórdia - Sinal de Ressurreição

30/03/2016 19:18

    Cristo ressuscitou verdadeiramente, aleluia!  Eis, amados irmãos e irmãs, a grande proclamação que fazemos neste Tempo Pascal. Unidos com toda a Igreja, anunciamos que JESUS ressuscitou e está vivo entre nós. O Tempo Pascal é o tempo por excelência para celebrarmos e aprofundarmos a experiência central do cristianismo. O que nele formos capazes de fazer certamente marcará, depois, todos os tempos celebrativos da nossa fé.   Esse mês será todo marcado por essa verdade de nossa fé.  Para nós cristãos, a Páscoa, até à Páscoa definitiva, é o acontecimento histórico central. Celebrar ou fazer a memória da Páscoa significa torná-la presente no mundo de hoje, vivenciá-la em todas as dimensões da vida humana existencial.

    A Liturgia é a celebração da Vida no Mistério Pascal e, ao mesmo tempo, a celebração do Mistério Pascal na Vida. A espiritualidade cristã é - em seu sentido mais profundo - espiritualidade pascal. Na ressurreição de Cristo, se vê o sinal concreto da redenção do homem, pois esse por causa do pecado que o havia condenado a morte, agora encontra em Cristo a salvação. Tudo isso é expressão do amor misericordioso do PAI, pois o desejo dele é a nossa  salvação.

    Celebrar o jubileu extraordinário da misericórdia é acolher na vida esse abraço do Pai e celebrar a alegria de estar com Ele, pois a festa consiste em ser encontrado, acolhido em seus braços. E a festa da páscoa é festa da vitória da vida sobre a morte. Para nós cristãos, a vida é uma caminhada pascal que faz o Reino de Deus acontecer, até a Páscoa definitiva, que é a plenitude do Reino de Deus, a plenitude da Vida e da Felicidade.

    Que a nossa espiritualidade seja realmente - e sempre mais - espiritualidade pascal! Desejamos a todo paroquiano, devoto e colaborador do Santuário que, ao longo deste tempo pascal,  lhe  sejam  concedidas bênçãos sobre  sua  família e seus  empreendimentos.  Aleluia, Cristo Ressuscitou!

Voltar