Paróquia de Liberdade celebra “Corpus Christi”

31/05/2016 19:53

Paróquia de Liberdade  celebra “Corpus Christi”

    Rostos sorridentes, crianças saltitantes, adultos compenetrados, todos num vai e vem sem cessar desenhando em vias públicas tapetes multicoloridos para passagem das procissões em louvor  e honra ao Santíssimo Sacramento da Eucaristia.  Este é o cenário que se repete em cidades do mundo inteiro na quinta-feira (60 dias depois da Páscoa) em que a Igreja Católica, há mais de oito séculos, comemora com elevada e digna solenidade o dia dedicado ao Corpo e Sangue de Jesus Cristo. No decorrer do tempo ficou conhecida, com derivação da língua latina, como ”Festa de Corpus Christi”.

    O Santuário Bom Jesus do Livramento, seguindo a tradição e irmanando-se aos costumes de tantas outras paróquias, também celebrou com entusiasmo a festa do Santíssimo Corpo e Sangue de Jesus Cristo, presença real de Jesus - o rosto misericordioso de Deus - nos sinais do pão e do vinho.

     Depois de solene e vibrante celebração da Missa, aconteceu respeitosa procissão na qual o Reitor do Santuário, Padre Ivair Carolino, conduziu piedosamente pelas ruas da cidade o ostensório que abriga a hóstia consagrada, abençoando com ela seus habitantes, romeiros e participantes encerrando-se a comemoração do dia com solene bênção do Santíssimo Sacramento para todas as pessoas que lotaram o Santuário Arquidiocesano de Liberdade.

    Realizando a solenidade de “Corpus Christi”, as igrejas buscam proclamar em capelas, nos templos, nas ruas e praças a presença real, sacramental de Cristo. Para as igreja cristãs,   na quinta feira antes de sua morte Jesus se reuniu para fazer a ceia pascal judaica com seus  apóstolos e,  naquele ato,   distribuiu-lhes  um pedaço de pão  e   um pouco de vinho como sinal da nova e eterna  aliança, consumada  na entrega  de seu corpo e  sangue na cruz, dizendo-lhes que celebrassem desta forma   a memória  dEle.  Neste fato bíblico fundamenta-se a instituição da Eucaristia, revivida em cada Missa.

    Na carinhosa dedicação das pessoas que com arte ou com simplicidade  espalham  tapetes nas ruas, repete-se, de certo modo, o gesto do povo que estendeu ramos para que Jesus passasse a caminho de Jerusalém;  porém,  na quinta-feira de “Corpus Christi” quem percorre as ruas enfeitadas é o Rei que deixou a presença de seu amor eterno no meio da humanidade, através da Eucaristia. Jesus permanece junto de seu povo, com a humanidade caminhante, se oferecendo como alimento que dá vida e sustento a quem dele precisar.

    Em 2017 a Festa de Corpus Christi será na 3ª quinta-feira de junho, dia quinze.

Voltar