São Pedro de Alcântara, padroeiro do Brasil

09/11/2019 22:24

 

 

 

São Pedro de Alcântara, padroeiro do Brasil

 0

São Pedro de Alcântara, cuja festa se celebrava antigamente no dia 12 de outubro, foi um importante e santo Frade Franciscano que fez a reforma da Ordem no século XVI, nascendo a Ordem dos Frades M. Capuchinhos. Era espanhol, mas muito venerado em Portugal, inclusive por ser espanhola a Rainha, Dona Carlota Joaquina, esposa de Dom João VI, pais de Dom Pedro, que libertou o Brasil do jugo português em 7 de setembro de 1822, se tornando seu primeiro Imperador com o nome de Dom Pedro I.

Eis a razão pela qual São Pedro de Alcântara foi proclamado Padroeiro Secundário do Brasil. Dom Pedro I nasceu no dia 12 de outubro de 1798 e tinha entre seus numerosos sobrenomes também o de Alcântara.

A Padroeira Principal do Brasil foi sempre Nossa Senhora da Conceição. Depois da proclamação da República, sua pequena imagem encontrada no Rio Paraíba do Sul, em 1717, foi solenemente coroada e, em 1931, proclamada Rainha e Padroeira do Brasil, com o título de Nossa Senhora da Conceição Aparecida ou, simplesmente, Nossa Senhora Aparecida. Sua festa, depois de várias experiências em outros dias, foi determinada para o dia 12 de outubro, pelas razões históricas acima mencionadas.

Por outro lado, a festa de São Pedro de Alcântara foi, posteriormente, transferida para o dia 19 de outubro. O santo Frade faleceu no dia 18 de outubro, porém, sendo festa do Evangelista São Lucas, a celebração foi deslocada para o dia seguinte.

Após a proclamação da República, por razões políticas que desejavam minimizar tudo o que recordasse a Monarquia, o título de Padroeiro Secundário dado a São Pedro de Alcântara ficou meio esquecido, porém nunca foi oficialmente eliminado, sendo sempre festejado liturgicamente pela Igreja.

São Pedro de Alcântara, rogai pelo Brasil e por cada um dos brasileiros!

Dom Gil Antônio Moreira
Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora

 

    Fonte: Site https://arquidiocesejuizdefora.org.br/

 

 

Voltar